Neste trabalho discutimos o potencial do método de Observação de Bebês para o diagnóstico precoce dos transtornos do desenvolvimento emocional e de suas etiologias. Consideramos que no processo de observação, tal como o apresentamos, torna-se possível destacar invariâncias presentes nos padrões de relacionamento e de comunicação mãe-bebê-observador registradas ao longo do processo. Consideramos ainda que a observação dessas invariâncias nos autorizam a realizar um diagnóstico que leve em conta a discriminação entre o desenvolvimento suficientemente saudável de um bebê e as configurações que indiquem
possíveis perturbações emocionais. Destacamos a conveniência da abertura de um espaço para intervenções oportunas quando as observações sugerem a hipótese de um diagnóstico de distúrbios precoces do desenvolvimento.

Artículo completo: Descargar PDF

Deja un comentario